Memória da Eletricidade e Governo do Rio assinam Protocolo para a cessão da Biblioteca Parque

Memória da Eletricidade e Governo do Rio assinam Protocolo para a cessão da Biblioteca Parque

O Centro da Memória da Eletricidade no Brasil, representado pelo seu presidente, Augusto Rodrigues, e o Governo do Estado do Rio, na pessoa do secretário de Cultura, Leandro Sampaio Monteiro, assinaram, hoje, dia 17, Protocolo de Intenções que dá início oficial às negociações para a cessão do espaço, em que atualmente se encontra a Biblioteca Parque do Estado, no Centro do Rio. A partir da assinatura do documento, a Memória e a Secretaria de Cultura negociarão as contrapartidas para a cessão do espaço para a primeira.

Os objetivos da cessão são três. Em primeiro lugar, a Memória pretende reabrir a biblioteca, devolvendo à cidade do Rio de Janeiro um espaço fundamental para a sua vida cultural. Em segundo, prover a Memória da Eletricidade de uma sede que permita não só manter os seus projetos de pesquisa, como também levar, aos seus diversos públicos, conhecimento específico sobre a história, a evolução atual e o futuro da energia em nosso país. Por último, disponibilizar, para a população do Rio, uma programação cultural de alta qualidade.

“A reabertura da Biblioteca irá devolver a população carioca o acesso a um espaço de construção do saber, de convivência e pesquisa. Além de ajudar na revitalização da área ao redor de onde está localizada a Biblioteca, local que hoje se encontra abandonado”, afirmou o secretário Leandro Sampaio Monteiro durante a assinatura do protocolo.

Comentar no Facebook

4 Comentários
  • Rodrigo Schwartz
    Escrito em 09:32h, 06 fevereiro Responder

    qual a previsão para a reabertura da biblioteca parque? espero que possa abrir nos fins de semana, pois muitos só tem sabado e domingo pra frequentar esse espaço

    • Memória da Eletricidade
      Escrito em 10:12h, 06 fevereiro Responder

      Olá, Rodrigo!
      Obrigado pelo seu interesse. No momento, não há previsão, pois ainda estamos em negociação com o governo estadual para assumir a gerência do espaço, o que pode ou não acontecer, dependendo de como as negociações caminharem.
      Abraço.

  • Gilda Alvarenga
    Escrito em 08:33h, 19 janeiro Responder

    Espero que respeitem a legislação e mantenham a biblioteca funcionando com Bibliotecários!!!!

    • Ivson Alves
      Escrito em 10:33h, 19 janeiro Responder

      Sem dúvida, Gilda! Assim como já o fazemos na nossa biblioteca, a Biblioteca Léo Amaral Penna. Aliás, você não quer vir conhecê-la e bater um papo com a Stephanie, nossa bibliotecária? Teremos o maior prazer em recebê-la. Nosso endereço é Avenida Presidente Vargas, 583/701. Apareça!

Postar Comentário